ADD SOME TEXT THROUGH CUSTOMIZER
ADD SOME TEXT THROUGH CUSTOMIZER

EDITAL DE PUBLICAÇÕES

 

Territórios do Axé: religiões de matriz africana da Grande Florianópolis

 

Projeto Editorial

 

O Projeto Territórios do Axé irá publicar um livro sobre as religiões de matriz africana da Grande Florianópolis. Este livro terá versão em e-book e impresso. Ele irá integrar o acervo do site do Projeto, ficando também disponível em pdf para livre acesso. A versão impressa poderá ter encarte com ensaio fotográfico e documentário.

 

Poderão se inscrever e submeter trabalhos os/as pesquisadores/as que integram o corpo científico do Projeto (professores/as, bolsistas e voluntários/as), pesquisadores/as externos e principalmente a comunidade de Axé, que será convidada e estimulada a dar sua contribuição com depoimentos, artigos e outras colaborações relevantes envolvendo acervos fotográficos, documentos e memórias.

 

Inscrições prévias de propostas serão recebidas através do site em forma de resumos de até 15 linhas e serão submetidas ao Conselho Editorial do NUER e à equipe de professores que atuam no Projeto. Mediante aceitação da inscrição prévia, haverá um prazo para submissão dos trabalhos na sua versão completa, que também serão enviados a 02 pareceristas. Tendo recebido a aprovação nesta segunda fase, os autores/as terão mais um prazo para incluir os comentários dos pareceristas, e enviar a versão final, conforme calendário em anexo.

 

O site do Projeto Territórios do Axé (www.kadila.net.br/territorios do axé) terá espaço específico para as inscrições.

 

Durante as etapas, a equipe editorial (editora, revisores) da coletânea fará contato com cada um dos/as autores/a, confirmando o recebimento das inscrições, enviando os resultados da avaliação e pareceres sobre os trabalhos que foram inscritos.

 

Os seguintes trabalhos poderão ser inscritos: artigos, ensaios, depoimentos, entrevistas, ensaios fotográficos e áudio-visuais(documentários).

 

 

Conselho Editorial do NUER:

 

Ilka Boaventura Leite (coordenação)

 

Artur Cesar Isaia – Universidade Federal de Santa Catarina – Florianópolis, SC, Brasil

 

Augusto Marcos Fagundes Oliveira – Universidade Estadual de Santa Cruz – Ilhéus, BA, Brasil

 

Denise Fagundes Jardim – Universidade Federal do Rio Grande do Sul – Porto Alegre, RS, Brasil

 

Diana Brown – Bard College – New York, EUA

 

Douglas Ladik Antunes – Universidade do Estado de Santa Catarina – Florianópolis, SC, Brasil

 

Frank Nilton Marcon – Universidade Federal de Sergipe – Aracaju, SE, Brasil

 

José Bento Rosa da Silva – Universidade Federal de Pernambuco – Recife, PE, Brasil

 

Karine Pereira Goss – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina – Florianópolis, SC, Brasil

 

Osvaldo Martins Oliveira – Universidade Federal do Espírito Santo – Vitória, ES, Brasil

 

Pedro Martins – Universidade do Estado de Santa Catarina – Florianópolis, SC, Brasil

 

Ricardo Cid Fernandes – Universidade Federal do Paraná – Curitiba, PR, Brasil

 

Sónia Vespeira de Almeida – Universidade Nova de Lisboa – Lisboa, Portugal

 

 

Diretrizes de Formatação*:

 

  1. Arquivo word, página tamanho A4 (21 x 29,7cm).
  2. Fonte: Times New Roman, tamanho 12, ao longo de todo o texto, incluindo referências, notas de rodapé, tabelas, etc.
  3. Margens: 2,5 cm em todos os lados (superior, inferior, esquerda e direita).
  4. Espaçamento: espaço simples ao longo de todo o manuscrito, incluindo Folha de Rosto, Resumo, Corpo do Texto, Notas e Referências etc.
  5. Alinhamento: esquerda
  6. Recuo da primeira linha do parágrafo: tab = 1,25cm
  7. Numeração das páginas: no canto direito na altura da primeira linha de cada página.
  8. Endereços da Internet: Todos os endereços “URL” (links para a internet) no texto (ex.: http://pkp.sfu.ca) deverão estar ativos.
  9. Ordem dos elementos do manuscrito: Folha de rosto identificada, Folha de rosto sem identificação de autoria, Resumo/Abstract e palavras-chave, Corpo do Texto e Notas, Referências, Tabelas e Imagens. Inicie cada um deles em uma nova página. Elementos do manuscrito:
  10. Folha de rosto identificada: Título original (máximo de 10 palavras); identificação de todos os Autores (nome, indicações biográficas – formação e vínculos institucionais, endereço físico – preferencialmente institucional e email); Data da submissão online; Agradecimentos e Informações complementares, quando for o caso, como, por exemplo, fomento de pesquisa ou bolsa de estudo.
  11. Folha de rosto sem identificação de autoria: Título original (máximo 10 palavras)
  12. Resumos em português: com no máximo 100-150 palavras cada, com o título Resumo alinhado à esquerda. Ao fim do resumo, listar pelo menos três e no máximo cinco palavras-chave em português (em letras minúsculas e separadas por ponto e vírgula).
  13. Corpo do Texto: Não é necessário colocar título do manuscrito nesta página. As subseções do corpo do texto não começam cada uma em uma nova página e seus títulos devem estar centralizados, e ter a primeira letra de cada palavra em letra maiúscula (por exemplo, Resultados, Método e Discussão, etc). Os subtítulos das subseções devem estar em itálico e ter a primeira letra de cada palavra em letra maiúscula (por exemplo, os subtítulos da subseção Método: Participantes, ou Análise dos Dados). As palavras Figura, Tabela, Foto que aparecerem no texto devem ser escritas com a primeira letra em maiúscula e acompanhadas do número (Figuras e Tabelas) ou letra (Anexos) ao qual se referem. Os locais sugeridos para inserção de figuras e tabelas deverão ser indicados no texto. Sublinhados, Itálicos e Negritos: Sublinhe palavras ou expressões que devam ser enfatizadas no texto, por exemplo, “estrangeirismos”, como self, locus, etc e palavras que deseje grifar. Não utilize itálico (a não ser onde é requerido pelas normas de publicação), negrito, marcas d’água ou outros recursos que podem tornar o texto visualmente atrativo, pois trazem problemas sérios para os editores de texto e leitura de provas. Dê sempre crédito aos autores, incluindo as datas de publicação de todos os estudos referidos. Todos os nomes de autores cujos trabalhos forem citados devem ser seguidos da data de publicação. Todos os estudos citados no texto devem ser listados na seção de Referências.
  14. E. Referências: Inicie uma nova página para a seção de Referências, com este título centralizado na primeira linha abaixo do cabeçalho. Apenas as obras consultadas e mencionadas no texto devem aparecer nesta seção. Continue utilizando espaço duplo e não deixe um espaço extra entre as citações. As referências devem ser citadas em ordem alfabética pelo sobrenome dos autores. Em casos de referência a múltiplos estudos do mesmo autor, utilize ordem cronológica, ou seja, do estudo mais antigo ao mais recente desse autor. Nomes de autores não devem ser substituídos por travessões ou traços. Todas as referências devem conter o prenome do/a autor/a. As normas de redação e citação bibliográfica seguem o padrão da ABNT, com pequenas adaptações, conforme indicação abaixo. Situações não previstas seguirão o padrão da ABNT. As referências bibliográficas devem seguir o seguinte formato: -Livros ou coletâneas: MENEZES BASTOS, Rafael J. de. A musicológica kamaiurá. Florianópolis: Ed. UFSC, 1993. Ou: LANGDON, Esther-Jean (Org.). Xamanismo no Brasil: novas perspectivas. Florianópolis: Ed. UFSC, 1996. – Capítulos de livros: SANTOS, Silvio Coelho dos. A Antropologia em Santa Catarina. In: SANTOS, Silvio Coelho dos (Org.). Memórias da Antropologia no sul do Brasil. Florianópolis: Ed. UFSC/ABA, 2006. p. 17-77. – Artigos em periódico: SÁEZ, Oscar Calávia. Nawa, Inawa. Ilha- Revista de Antropologia, Florianópolis: UFSC, v.4, n.1, p. 17-33, 2002. – Teses e monografias acadêmicas: GROISMAN, Alberto. 1991. Eu Venho da Floresta: Ecletismo e Práxis XamânicaDaimista no Céu do Mapiá. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1991. – Artigos e trabalhos na internet: LEITE, Ilka Boaventura. As classificações étnicas e as terras de negros no sul do Brasil, s/d. Disponível em: http://www.nuer.ufsc.br/artigos/classificacoes.html>. Acesso em: 03 nov. 2008.
  15. Notas: Devem ser evitadas sempre que possível. No entanto, quando indispensável, devem ser numeradas em algarismos arábicos e constar no final do texto. O título (Notas) deve aparecer centralizado na página. Recue a primeira linha de cada nota de rodapé em 1,25cm e numere-as conforme as respectivas indicações no texto. Referências a autores deverão ser incluídas no texto e não em notas. Ex. (Castells, 1999) ou (Castells, 1999, p. 12). (O uso do nome do autor em minúsculas é uma adaptação das normas da ABNT).
  16. Tabelas e imagens: serão aceitas no máximo de cinco por artigo. As tabelas devem vir no mesmo programa do texto e as imagens em formato jpeg ou tiff, resolução de 300 dpi. Fotos não devem exceder 13,5 cm de largura por 17,5 cm de comprimento. A responsabilidade pelos direitos autorais de imagens inseridas no artigo é do/a autor/a, sendo que a publicação dependerá disso. No caso de apresentações gráficas de tabelas, use preferencialmente colunas, evitando outras formas de apresentação como pizza, etc. Nestas apresentações evite usar cores. As palavras Tabela, Foto, Figura, que aparecerem no texto devem, sempre, ser escritas com a primeira letra em maiúscula e devem vir acompanhadas do número correspondente. A utilização de expressões como “a Tabela acima” ou “a Figura abaixo” não devem ser utilizadas porque no processo de editoração a localização das mesmas pode ser alterada. As normas não incluem a denominação de Quadros ou Gráficos, apenas Tabelas, Fotos e Figuras. Dê um espaço duplo e digite o título à esquerda, sem ponto final. Apenas a primeira letra da primeira palavra e de nomes próprios deve estar em maiúsculo.

 

* Diretrizes da Revista Ilha do PPGAS/UFSC.